17 de Fevereiro de 2018 | SOBRE ESTE BLOG
Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2018, 09h:40
Tamanho do texto A- A+

Caldeirão Político /

Vice-governador critica fiscalização da Sefaz em lavouras do agro

DA REDAÇÃO

 

Carlos Fávaro (PSD), vice-governador de Mato Grosso, não anda gostando muito das fiscalizações contra o agronegócio. Fávaro fez duras críticas a Secretaria de Fazenda do Estado que passou a multar máquinas agrículas sem nota fiscal em áreas de lavoura. Em um vídeo que circula nas redes sociais, em que apenas é veiculado o áudio dele, o vice-governador afirma que discalização na época de colheita só tem como objetivo "arrecadar".

 

“Mas um Estado que tem na força da sua economia a agricultura, a pecuária que alavanca o desenvolvimento, no momento de colheita, no momento de safra, que são mulheres e homens trabalhando dia e noite para gerar oportunidade de emprego e riqueza para esse Estado. Tem o Estado como atrapalhador, eu não posso admitir”.

 

O vice-governador ainda afirmou que já conversou com o secretário de Fazenda para que ele tome as "providências para que isso seja resolvido mais rápido possível. Mantendo a legalidade, mas não atrapalhando o cidadão de bem, caso ao contrário desanima quem quer trabalhar, desanima quem quer fazer a riqueza desse Estado de acontecer”.

 

Ouça o áudio:

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Vereadora é acusada de mudar Regimento no "copia e cola"

Emanuel teria recebido meio milhão em propina de Silval

Fux quer esclarecimentos de 7 do TJMT citados na Ararath

Galli dá um de mecânico e diz que carro foi sabotado por Wyllys

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Garcia no ministério de Minas e Energia é muito bom para MT

VEJA MAIS

ARTIGOS

Ferir a autonomia dos municípios é desrespeitar a Constituição

Por: ANTONIO JOAQUIM

Poderes, cadê vocês?

Por: GRACI MIRANDA

O papel da oposição ou oposição de papel

Por: RENATA VIANA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. MP pede afastamento imediato do cargo da prefeita Luciane Bezerra
  2. Procurador isenta Luciane Bezerra e diz que vai devolver dinheiro
  3. Ex-braço direito de Silval confirma que Emanuel recebia propina
  4. Emanuel teria recebido meio milhão em propina de Silval
  5. Vereadora é acusada de mudar Regimento no "copia e cola"

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL