24 de Novembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 08h:41
Tamanho do texto A- A+

Cidade / A PEDIDO DO MPE

Justiça manda Estado e município instalarem Samu em Sinop

Na 4ª maior cidade de MT o serviço de primeiros socorros é prestado pelos Bombeiros que em 2016 realizou mais de 4 mil atendimentos
ASSESSORIA MPE-MT

 

A Justiça acatou o pedido formulado na ação civil pública impetrada pelo Ministério Público Estadual e determinou que o Estado de Mato Grosso e o Município instalem e coloquem em funcionamento, em Sinop, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A liminar foi deferida pela 6ª Vara Cível, a pedido da 3ª Promotoria de Justiça de Sinop.

 

De acordo com a ação do MPE, o Ministério da Saúde disponibilizou ao município de Sinop duas ambulâncias equipadas para a implantação do serviço. O “Projeto Samu 100%”, desenvolvido com financiamento tripartite (União, Estado e Município) previa a implantação de uma Unidade de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para o município de Sinop, mas que, para a execução desta medida, era indispensável a conclusão da Central de Regulação Médica Única do Samu 192, com sede em Cuiabá e de gestão da Secretaria de Estado de Saúde.

 

Somente após a conclusão da Central Única de Regulação Samu 192, em Cuiabá, as ambulâncias seriam credenciadas e finalmente colocadas em funcionamento. O Complexo Regulador está pronto desde o dia 27 de março de 2017. O Samu, porém, não foi implantado em Sinop.

 

Na ação, o promotor de Justiça Pompílio Paulo Azevedo Silva Neto, ressalta que para a implantação do “Projeto Samu 100%” o Ministério da Saúde liberou, em 2012, recurso na ordem de R$ 5 milhões ao Estado de Mato Grosso, “valor este, a nosso ver, mais que suficiente para implantação do serviço nas principais cidades do Estado, tal qual Sinop”.

 

Apesar de Sinop ser a 4ª maior cidade do Estado, com aproximadamente 150 mil habitantes, o único serviço de primeiros socorros existentes no município é prestado pelo 4º Batalhão de Bombeiros Militar que, só em 2016, realizou mais de 4 mil atendimentos em Sinop.

 

Vale destacar que a própria Secretaria de Estado de Saúde menciona que um rol de 17 municípios no Estado com o serviço do Samu em funcionamento, alguns têm menos de 20 mil habitantes, como Brasnorte, Cotriguacu e Nova Olímpia. “Isso demonstra claramente a completa negligência dos entes queridos no trato das questões atinentes à saúde pública deste município, uma vez que é indubitavelmente possível a implementação deste serviço para atendimento da nossa região”, ressalta o promotor de Justiça.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Justiça Federal absolve ex-presidente do Intermat

Governo desiste de mudar nomes de duas escolas no interior

Baiano propõe prioridade à saúde e deixe de pagar emendas

Unemat volta a fechar contrato com a Faespe

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Pedro Taques conseguiu algo espetacular para Mato Grosso

VEJA MAIS

ARTIGOS

Existe sempre uma fila

Por: RENATO NERY

Vencedores do preconceito

Por: GRACI MIRANDA

Falta pão, falta união

Por: ONOFRE RIBEIRO
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Jayme diz que escolha de Fábio Garcia para presidir DEM terá de ter consenso
  2. Juíza dá 72 horas para Estado se manifestar sobre cobrança de juros
  3. TV francesa aponta Maggi como político bilionário com reputação controversa
  4. Aprovação a Luciano Huck dispara e atinge 60%, mostra pesquisa
  5. AL promulga emenda constitucional que limita gastos públicos

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL