23 de Fevereiro de 2018 | SOBRE ESTE BLOG
Segunda-Feira, 04 de Setembro de 2017, 11h:20
Tamanho do texto A- A+

Coluna do Antero / ABSOLVIÇÃO GERAL

José Adolfo defende deputados citados na delação de Silval e confirma Dilmar na liderança do governo

Antero Paes de Barros

 

Existe um ditado popular que diz: “ou permaneças calado ou digas coisas que valham mais que o silêncio”. Definitivamente, o atual secretário da Casa Civil, José Adolfo, investigado no caso dos grampos telefônicos, não é adepto dessa tese.

 

Em entrevista ontem ao repórter Paulo Coelho do Jornal da Capital, José Adolfo teve a oportunidade de defender todos os deputados citados na delação de Silval Barbosa, invocando para isso, o princípio constitucional da presunção de inocência. Realmente, não há nenhum condenado, nem denunciado ainda, mas os fatos são graves demais para merecer absolvição tão rápida de José Adolfo.

 

O secretário da Casa Civil não parou por aí. Disse que Dilmar Dal Bosco, também citado na delação deve permanecer na liderança do governo.

 

Ah e tem mais. José Adolfo disse que a delação de Silval pode ser anulada.

 

Comentário meu: A que ponto chegamos. O Chefe da Casa Civil do governo de transformação dá a entender que o correto é anular a delação de Silval. Não levar em conta o que Silval denunciou é querer jogar a corrupção debaixo dos tapetes. Cale a boca, Zé Adolfo!

 

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Taques afirma que tentam fazer "briga" entre ele e Pinheiro

Com problema em caixa, MP corta auxílio livro para promotores

Leitão e Fávaro deverão disputar o "espólio" político de Blairo

Blairo vai informar sobre desistência na próxima segunda

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Prefeito Emanuel Pinheiro, deixe que os educadores trabalhem

VEJA MAIS

ARTIGOS

E os russos?

Por: RODRIGO RODRIGUES

Verdade x Vergonha

Por: GRACI MIRANDA

Foro privilegiado

Por: LUIZ FLÁVIO GOMES
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Mauro irá filiar-se em março e depois decidir sobre candidatura ao governo
  2. Foragido do Gaeco/MG, dono de posto em Chapada é preso em MT
  3. CGE recomenda que Detran extinga imediatamente contrato com empresa
  4. Justiça dá 15 dias para Prefeitura de Cuiabá reformar Posto do Jardim Leblon
  5. MT recebe propostas para leilão de concessão de 300 km de rodovias

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL