24 de Novembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 13h:34
Tamanho do texto A- A+

Esportes / COPA DO MUNDO DE NATAÇÃO

Etiene Medeiros fatura prata nos 50m costas e bronze no revezamento 4x50m medley em Tóquio

DO ESTADÃO

 

Atual campeã mundial dos 50 metros costas, Etiene Medeiros deu nova demonstração do grande momento que vive ao faturar a medalha de prata desta prova na etapa da Tóquio da Copa do Mundo de Natação, nesta terça-feira, e ainda ao subir ao pódio também com um bronze no revezamento 4x50m medley junto com a equipe brasileira que chegou em terceiro lugar nesta outra disputa da competição realizada no Japão.

 

Nesta briga por medalhas nos 50m costas, realizada em piscina curta (de 25m), Etiene terminou a primeira metade da prova na liderança, mas depois acabou sendo superada por muito pouco pela australiana Emily Seebohm, que ganhou o ouro ao bater a mão na borda com o tempo de 26s24. A brasileira terminou em segundo lugar com a marca de 26s34, enquanto o bronze ficou com a japonesa Mayuko Mori, com 26s56.

 

E, pouco depois de comemorar esta medalha, Etine já precisou voltar para a piscina para defender o Brasil no revezamento 4x50m medley misto. Formando um quarteto com Nelson Junior, Daynara de Paula e Raphael Rodrigues, ela ajudou o time nacional a fechar esta prova da etapa de Tóquio da Copa do Mundo com o tempo de 1min39s90, que assegurou o bronze ao País.

 

E a Austrália também triunfou nesta prova do revezamento, na qual a equipe do país garantiu o ouro com a marca de 1min39s05, enquanto o time norte-americano ganhou a prata ao fechar esta disputa em 1min39s83 no Tatsumi International Swimming Center.

 

Com dois pódios conquistados nesta terça-feira, Etiene brilhou em julho passado com o histórico ouro nos 50 metros conquistado no Mundial de Budapeste, realizado em piscina longa (de 50m), na Hungria, sendo que em Tóquio ela também disputará as provas dos 50m livre e 100m borboleta.

 

Neste primeiro de dois dias de disputa da etapa de Tóquio da Copa do Mundo, o Brasil também esteve presente em outras duas finais, mas não conseguiu subir ao pódio em nenhuma delas. Nos 50m borboleta, Daynara de Paula terminou em sexto lugar com o tempo de 25s97, bem distante da sueca Sarah Sjostrom, ouro com 24s65. Já Raphael Rodrigues foi apenas o oitavo colocado nos 100m peito ao fechar a prova em 57s96, enquanto o japonês Yasuhiro Koseki (56s49) conquistou o primeiro lugar.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Justiça Federal absolve ex-presidente do Intermat

Governo desiste de mudar nomes de duas escolas no interior

Baiano propõe prioridade à saúde e deixe de pagar emendas

Unemat volta a fechar contrato com a Faespe

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Pedro Taques conseguiu algo espetacular para Mato Grosso

VEJA MAIS

ARTIGOS

Existe sempre uma fila

Por: RENATO NERY

Vencedores do preconceito

Por: GRACI MIRANDA

Falta pão, falta união

Por: ONOFRE RIBEIRO
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Jayme diz que escolha de Fábio Garcia para presidir DEM terá de ter consenso
  2. Juíza dá 72 horas para Estado se manifestar sobre cobrança de juros
  3. TV francesa aponta Maggi como político bilionário com reputação controversa
  4. Aprovação a Luciano Huck dispara e atinge 60%, mostra pesquisa
  5. AL promulga emenda constitucional que limita gastos públicos

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL