17 de Fevereiro de 2018 | SOBRE ESTE BLOG
Terça-Feira, 13 de Fevereiro de 2018, 14h:20
Tamanho do texto A- A+

Política / PEDIDO DE INTERDIÇÃO

PGE diz que não pagamento de honorários é "simples equívoco"

Estado garantiu que irá efetuar o pagamento assim que for citado na ação.
DA REDAÇÃO

 

A Procuradoria Geral do Estado afirmou que ainda não foi citada da ação ingressada pela Justiça Federal no Supermo Tribunal Federal contra o Estado de Mato Grosso, com pedido de intervenção federal, pelo não cumprimento de decisão judicial.

 

Ainda segundo a PGE, assim que for notificada irá proceder com o pagamento do valor, considerado "ínfimo", pelo órgão do Estado.

 

"O não cumprimento de ínfima quantia a título de honorários pode indicar um simples equívoco e não um descumprimento contumaz. Ademais, o Estado de Mato Grosso entende incabível o pedido de intervenção, na medida em que há possibilidade, prevista na Constituição Federal, de sequestro de verba pública para cumprimento da obrigação”

 

“É um processo físico e o Estado ainda não foi citado. A PGE prestará informações e juntará o comprovante de pagamento, o que torna sem objeto o pedido de intervenção, já que não haverá descumprimento de decisão judicial. O não cumprimento de pagamento de ínfima quantia a título de honorários advocatícios indica um simples equívoco e não um descumprimento contumaz”, diz a PGE.

 

O valor em questão é R$ 1,6 mil, em que o Estado foi condenado a efetuar o pagamento, a título de honorários advocatícios.

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Vereadora é acusada de mudar Regimento no "copia e cola"

Emanuel teria recebido meio milhão em propina de Silval

Fux quer esclarecimentos de 7 do TJMT citados na Ararath

Galli dá um de mecânico e diz que carro foi sabotado por Wyllys

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Garcia no ministério de Minas e Energia é muito bom para MT

VEJA MAIS

ARTIGOS

Ferir a autonomia dos municípios é desrespeitar a Constituição

Por: ANTONIO JOAQUIM

Poderes, cadê vocês?

Por: GRACI MIRANDA

O papel da oposição ou oposição de papel

Por: RENATA VIANA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. MP pede afastamento imediato do cargo da prefeita Luciane Bezerra
  2. Procurador isenta Luciane Bezerra e diz que vai devolver dinheiro
  3. Ex-braço direito de Silval confirma que Emanuel recebia propina
  4. Emanuel teria recebido meio milhão em propina de Silval
  5. Vereadora é acusada de mudar Regimento no "copia e cola"

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL