13 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 17h:03
Tamanho do texto A- A+

Política / CAIXA INSUFICIENTE

Sem dinheiro do FEX, Estado pode voltar a escalonar salários dos servidores

O projeto que libera o auxílio financeiro foi aprovado na Câmara, mas só deve entrar na pauta do Senado na sessão de terça-feira
SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO

 

O recurso do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), que o Governo de Mato Grosso luta para receber ainda na próxima semana, não serão suficientes para pôr toda a conta em dia. Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, o Estado espera com ansiedade esse repasse da União para pagar os salários e 13º dos servisores estaduais e honrar compromissos com os fornecedores.

 

"Vai diminuir bem os nossos passivos e pôr as contas quase em dia, na sua totalidade", assinalou Russi durante entrevista nesta quinta-feira (07) à Rádio Capital FM 101,9. Ele pontuou que, além das remunerações, parte será aplicada na a saúde, educação, alguns investimentos em obras e para pagar as emendas parlamentares atrasadas.

 

Dos R$ 1,9 bilhão de FEX 2017 que o Governo Federal tem que compensar os estados exportadores, Mato Grosso receberá R$ 496 mil, sendo que apenas R$ 372 milhões vão ficar para o Executivo e os R$ 124 mi restantes serão divididos entre os municípios. 

 

O Governo contava com o FEX para pagar a folha de novembro integral no dia 10, mas o projeto que libera o auxílio financeiro foi aprovado na noite de ontem na Câmara e só deve entrar na pauta do Senado na sessão da próxima terça-feira (12), assim novamente o pagamento dos servidores depende da arrecadação própria do Estado que ainda não deu nenhum sinal sobre os salários.

 

EMENDA DA SAÚDE - O Estado tem também cerca de R$ 126 milhões da emenda coletiva da bancada federal para receber, que o secretário espera que seja repassado até o dia 20 deste mês para ajudar o encerrar o ano com todas as contas pagas.

 

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Ibope aponta aprovação de 80% da prefeita Lucimar Campos

Por 16 votos, Câmara de Cuiabá aprova recriação da SEC 300

Governador é diagnosticado com pneumonia pela quarta vez

Dilma visita Cristina Kirchner após Justiça pedir prisão dela

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Este país é uma piada

Por: RENATO NERY

Viciados em telas azuis

Por: MARIA AUGUSTA RIBEIRO

Brutalidade criminal

Por: PERCIVAL PUGGINA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Avião que desapareceu no sábado na região de Juruena é localizado
  2. FAB confirma que avião é o que desapareceu e ocupantes estão mortos
  3. Tucanos preocupados com rejeição de Pedro Taques
  4. Mauro Mendes descarta Senado e só será candidato se for ao governo
  5. Depois da fraude na SEDUC e da ata para o Senado, Pedro Taques é acusado de fraudar entrevista

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL