24 de Novembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 14h:54
Tamanho do texto A- A+

Política / NÃO TEM FORO

STF retira da primeira instância investigação sobre irmã e primo de Aécio

O ex-assessor do senador Zezé Perrella, Mendherson Sousa Lima, também foi beneficiado pelo entendimento
AGÊNCIA BRASIL

 

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou hoje (14) a decisão individual do ministro Marco Aurélio, que determinou o desmembramento da investigação aberta contra Andreia Neves e Frederico Pacheco, irmã e primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG). O ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson Sousa Lima, também foi beneficiado pelo entendimento.

 

Com a decisão, tomada por 4 votos a 1, os acusados voltarão a ser investigados pelo Supremo. Durante o julgamento, os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber aceitaram recurso do Ministério Público Federal (MPF) e votaram conta o entendimento do relator, Marco Aurélio. De acordo com os ministros, o caso deve julgado pela Corte por haver conexão entre os crimes investigados.

 

Conforme decisão individual do relator, assinada em junho, os acusados seriam julgados pela primeira instância da Justiça de São Paulo, local onde Frederico e Mendherson foram gravados em ações controladas da Polícia Federal (PF) a partir das delações da JBS. Com base nas acusações, todos foram denunciados pelo crime de corrupção passiva pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

Em junho, o colegiado também determinou que Andrea Neves, Frederico Pacheco e Mendherson Sousa Lima passem a cumprir prisão domiciliar. Eles estavam presos na Operação Patmos, da Polícia Federal, deflagrada a partir das delações da JBS.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Justiça Federal absolve ex-presidente do Intermat

Governo desiste de mudar nomes de duas escolas no interior

Baiano propõe prioridade à saúde e deixe de pagar emendas

Unemat volta a fechar contrato com a Faespe

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Pedro Taques conseguiu algo espetacular para Mato Grosso

VEJA MAIS

ARTIGOS

Existe sempre uma fila

Por: RENATO NERY

Vencedores do preconceito

Por: GRACI MIRANDA

Falta pão, falta união

Por: ONOFRE RIBEIRO
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Jayme diz que escolha de Fábio Garcia para presidir DEM terá de ter consenso
  2. Juíza dá 72 horas para Estado se manifestar sobre cobrança de juros
  3. TV francesa aponta Maggi como político bilionário com reputação controversa
  4. Aprovação a Luciano Huck dispara e atinge 60%, mostra pesquisa
  5. AL promulga emenda constitucional que limita gastos públicos

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL