19 de Janeiro de 2018 | SOBRE ESTE BLOG
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 14h:54
Tamanho do texto A- A+

Política / NÃO TEM FORO

STF retira da primeira instância investigação sobre irmã e primo de Aécio

O ex-assessor do senador Zezé Perrella, Mendherson Sousa Lima, também foi beneficiado pelo entendimento
AGÊNCIA BRASIL

 

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou hoje (14) a decisão individual do ministro Marco Aurélio, que determinou o desmembramento da investigação aberta contra Andreia Neves e Frederico Pacheco, irmã e primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG). O ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson Sousa Lima, também foi beneficiado pelo entendimento.

 

Com a decisão, tomada por 4 votos a 1, os acusados voltarão a ser investigados pelo Supremo. Durante o julgamento, os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber aceitaram recurso do Ministério Público Federal (MPF) e votaram conta o entendimento do relator, Marco Aurélio. De acordo com os ministros, o caso deve julgado pela Corte por haver conexão entre os crimes investigados.

 

Conforme decisão individual do relator, assinada em junho, os acusados seriam julgados pela primeira instância da Justiça de São Paulo, local onde Frederico e Mendherson foram gravados em ações controladas da Polícia Federal (PF) a partir das delações da JBS. Com base nas acusações, todos foram denunciados pelo crime de corrupção passiva pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

Em junho, o colegiado também determinou que Andrea Neves, Frederico Pacheco e Mendherson Sousa Lima passem a cumprir prisão domiciliar. Eles estavam presos na Operação Patmos, da Polícia Federal, deflagrada a partir das delações da JBS.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Taques dispara: quem não fez nada errado, não teme

Governador nega recurso para Carnaval nos municípios

Petistas já fazem marchinha em apoio a Lula; ouça

Contas de Taques só serão analisadas em fevereiro

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Equívoco em acordo de extradição de Arcanjo foi erro do MPF

VEJA MAIS

ARTIGOS

Casa Barão de Melgaço sob constante ameaça

Por: ELIZABETH MADUREIRA SIQUEIRA

Em defesa do habeas corpus

Por: GILMAR MENDES

Lei de bloqueio de patrimônio

Por: VICTOR MAIZMAN
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Chineses escolhem cidade de MT para instalar empresa de drones
  2. Deputado diz que trabalha pela Capital e direciona emendas para os cuiabanos e a região metropolitana
  3. Silval critica Taques por atrasar salários e repasses apesar de arrecadação maior
  4. Aliados podem não renovar aliança política com Pedro Taques
  5. MP de Contas sugere instalação de impeachment contra Pedro Taques

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL