13 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017, 08h:36
Tamanho do texto A- A+

Política / REELEIÇÃO DE TAQUES

Tucanos devem se curvar ao projeto majoritário do PSDB, diz Wilson

Secretário de Cidades defende que o partido foque na recandidatura do governador à reeleição
DOUGLAS TRIELLI
DO MÍDIA NEWS

 

O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos (PSDB), afirmou que o principal projeto do PSDB para 2018 é a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

 

Em entrevista à TBO, na terça-feira (5), o tucano disse que nenhum “projeto individual” pode se sobrepor ao objetivo do partido.

 

“Ninguém tem direito, no PSDB e em qualquer partido, de fazer um projeto individual que possa sobrepor o projeto coletivo. E o grande projeto do PSDB é continuar governando Mato Grosso. Então, defendo a candidatura à reeleição do Pedro Taques. Eu, Wilson Santos, Nilson Leitão, Paulo Borges, todos nós, temos que nos curvar ao projeto majoritário do partido”, afirmou.

 

Nas últimas semanas, Taques se mostrou insatisfeito com o PSDB pela divulgação da pré-candidatura do deputado federal Nilson Leitão ao Senado.

 

O governador teria visto a eventual candidatura do parlamentar como "prejudicial" ao seu projeto de reeleição, tendo em vista que o PSDB abrigaria dois nomes em chapas majoritárias em 2018, o que "espantaria" siglas aliadas.

 

“O que entendo é que política não se faz sozinho. Você faz política em partido, dentro de um grupo. E eu acredito que é preciso levar em consideração o interesse da sociedade. Vejo que é muito mais importante o projeto da reeleição do Pedro Taques”, afirmou Wilson.

 

“Se eu precisar ir para um projeto coletivo, eu vou. E já dei demonstrações disso. No ano passado, nosso grupo não tinha candidato à Prefeitura, porque o Mauro Mendes desistiu no último dia. Ninguém tinha tempo para se preparar, vários foram convocados e recusaram. E quando fui convocado, disse que era um soldado do partido e compareci. Chegamos ao segundo turno”, disse.

 

Momento melhor

 

Para Wilson Santos, com a aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos e a melhora do cenário econômico nacional, Pedro Taques terá melhores condições de governar, caso seja reeleito.

 

Apesar disso, o tucano observou que o governador ainda não revelou, nem em conversas internas, que seja candidato à reeleição.

 

“Eu defendo uma coisa maior, que é a reeleição do governador Pedro Taques. Ele, até agora, não falou se é candidato. Não quis dizer, não anunciou, nem ao seu secretariado. Mas, torço para que ele seja candidato à reeleição, para que possa ter chance de pegar um momento melhor da economia, das finanças, agora com a PEC do teto”, completou.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Ibope aponta aprovação de 80% da prefeita Lucimar Campos

Por 16 votos, Câmara de Cuiabá aprova recriação da SEC 300

Governador é diagnosticado com pneumonia pela quarta vez

Dilma visita Cristina Kirchner após Justiça pedir prisão dela

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Este país é uma piada

Por: RENATO NERY

Viciados em telas azuis

Por: MARIA AUGUSTA RIBEIRO

Brutalidade criminal

Por: PERCIVAL PUGGINA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Avião que desapareceu no sábado na região de Juruena é localizado
  2. FAB confirma que avião é o que desapareceu e ocupantes estão mortos
  3. Tucanos preocupados com rejeição de Pedro Taques
  4. Mauro Mendes descarta Senado e só será candidato se for ao governo
  5. Depois da fraude na SEDUC e da ata para o Senado, Pedro Taques é acusado de fraudar entrevista

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL